Masonry Gallery Categories
o crescimento do e-commerce

26 fev E-Commerce brasileiro continua em ascensão acelerada

Quanto desse crescimento sua loja tem aproveitado?

O valor ainda não foi confirmado, mas o e-commerce brasileiro faturou em 2012 cerca de R$ 23,5 bilhões. A previsão para 2013 é um valor ainda maior, R$ 28 bilhões. No últimos dez anos o mercado de varejo online se consolidou, apresentando crescimentos consecutivos, ano após ano, como você pode conferir no gráfico abaixo.

Consequentemente, o número de consumidores também aumentou. Em 2001, eram 1,1 milhão. Atualmente esse número já alcançou os 43 milhões.

O Brasil chega em 2013 com um grande potencial de investimento em e-commerce. A previsão é que até 2014 o mercado online cresça 30%. No entanto, ter lucros com vendas pela internet não é tão simples como os números apresentam. A impressão que dá é que simplesmente ter um site e produtos a oferecer já garantem o faturamento sonhado no final do mês. Mas, existem muitos obstáculos pelo caminho.

Como qualquer outra atividade comercial, a loja virtual precisa ser bem planejada. As ações devem envolver muita criatividade e foco para encontrar espaços e oportunidades que farão o negócio se concretizar. O mercado hoje conta com várias ferramentas para divulgação da marca, relacionamento; fidelização do cliente; direcionamento de conteúdo e ofertas; recebimento de críticas, sugestões e elogios; como também para gerar vendas. Pode-se trabalhar com anúncios patrocinados, e-mail marketing, ferramenta de chat, redes sociais, blogs, fóruns, e o próprio site. Todos são aliados da loja virtual, entretanto, para obter cada resultado das diversas ações citadas existe uma maneira de se comunicar.

De acordo com a e-Bit, empresa especializada em pesquisas sobre o mercado do e-commerce no Brasil, o crescimento das vendas não tem sido acompanhado pela formação de mão-de-obra. Assim, muitas empresas, para economizar, investem em pessoas despreparadas que acabam dispersando as ações de marketing e aumentando os gargalos das conversões.

Os dados de crescimento do comércio digital no Brasil favorecem, mas é preciso ter paciência, buscar as melhores ferramentas e bons profissionais para se tornar a parte positiva das estatísticas.

Fonte: ebit – www.e-commerce.org,br

Posts relacionados: